Fico feliz de ter conhecido você


Essas ultimas duas semanas passaram bem rápidas, graças a rotina de médicos, viagens, exames, esperas, preocupações. Mas parece que essa fase passou (ainda bem). Então vamos lá, eu conheci uma pessoa muito legal nesse bate e volta desses últimos dias, nesse caos de sentimentos acabei conhecendo uma pessoa que gostaria de levar pra vida toda, sei lá, acho que pode ser ilusão de primeira, talvez depois em nem pense assim.

As vezes a gente só quebra a cara com pessoas insignificantes que quando a gente de fato conhece uma pessoa muito legal, fica até com medo de decepcionar, magoar, falar alguma coisa que ela possa ficar com raiva, procurar ser bem cauteloso com tudo, se preocupar com detalhes, sou do tipo de pessoa que se a pessoa não me decepcionar acabo, querendo ou não decepcionando ela, sim eu tenho esse defeito na maioria das vezes ( eu não sou uma pessoa do mal tá? É que as vezes a gente fala coisas sem pensar e acaba magoando de uma maneira ou outra) nem é todas as vezes viu?

Queria saber se é normal gostar de uma pessoa, sentir ciúmes, mesmo sem ela saber que você existe ou mesmo sem saber que você sente uma coisa mais por ela? Eu sempre fui o tipo de pessoa que sofreu/ sofre de amor platônico, meio que besta. A musica que tocou quando nós estávamos juntos ficou gravada em minha mente, to escutando ela agora, você nem sabe disso, talvez um dia saiba, só queria dizer que foi muito bom te conhecer.

A indecisão do ir sem você, ou do ficar com você, sem dúvidas é a mais complicada, que está tirando todos os dias meu sono.

Ahh, muito obrigado por todos os conselhos que você me deu, pode ter certeza que cada palavra daquela vai ficar marcada e nunca esquecida.

Obrigado por me fazer feliz por um dia.


Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger