Bullying virtual O filme



Esses dias eu estava na casa de uma amiga, na realidade estava com duas amigas, uma falou que tinha assistido a um filme, e disse que o filme tinha minha cara, pelos fatos já poderia imaginar o que vinha por ai, depois de alguns segundos ao pensar isso, ela disse que o nome de filme era Bullying virtual, então logo pelo tema me identifiquei e tinha que assistir, sem dúvidas, queria ver se realmente ela estava certa de fato.



Lá vou eu, vim embora mais cedo para casa, liguei o computador e fui pesquisar mais na internet, por que de fato eu primeiro gosto de saber de tudo, pra depois assistir haha. Liguei o filme no youtube peguei uma pipoca sem gorduras, por que estou de dieta e fui assistir com a cara e a coragem.

Então do que se trata o filme?

Sinopse

Taylor Hillridge é uma adolescente cujo pai abandonou a família e que desde então é criada, juntamente com seu irmão mais novo, por sua mãe. Taylor ganha, em seu aniversário de 17 anos, um computador, e no primeiro instante, se sente muito animada pela independência adquirida de poder navegar na internet sem que a sua mãe ficasse sempre a vigiando. Porém, Taylor logo se descobre vítima de "cyberbullying" quando se torna membro de uma rede social. Tudo começa a dar errado a partir do momento em que seu irmão invade a sua conta e posta uma mensagem difamatória sobre ela. E logo os estudantes de sua escola começam a escrever comentários horríveis, e até postam um vídeo satirizando falsas histórias a seu respeito. Taylor quase comete suicídio por overdose de remédios, fato que foi evitado pela chegada de sua amiga antes que ela conseguisse retirar a tampa do frasco. A adolescente foi enviada ao hospital e passou a frequentar um grupo de ajuda às vítimas do cyberbullying. A mãe de Taylor, após o fatídico incidente da tentativa de suicídio da adolescente, procura ajuda para aprovar uma lei contra a agressão verbal pela internet, como forma de prevenir que outros sofressem a mesma situação de sua filha.



No que eu me identifiquei? Em praticamente tudo, logo no começo do ensino médio eu ganhei meu primeiro computador, e sem dúvidas foi à melhor coisa que possa ter acontecido, foi no computador, nas redes sociais que eu poderia ser quem eu quisesse, poderia ser ‘diferente’ e ninguém iria me julgar por isso. Porém não foi bem assim que as coisas aconteceram de fato.

Como se não bastasse o bullying na escola, também passaram para todas as redes sociais, na época do Orkut que foi uma mistura de amor e ódio, tive que excluir todas as minhas redes sociais e fazer uma nova com outro nome só para adicionar minha família, foi a pior coisa que poderia ter acontecido.



Bullying é crime, antes de fazer algo com alguém, pense se você gostaria se fizessem com você ou com qualquer pessoa da sua família, acho que a resposta é imediata na sua mente né?

Viva sua vida, se não gostar do próximo, tente ao máximo respeita- ló.


Comentários do Facebook
2 Comentários do Blogger