Por menos amor platônico


É difícil ver o futuro e não te colocar nele, apesar de que hoje você faça parte do passado. Gosto de pensar na minha vida, te colocando junto em todos planos possíveis, pensando em nós dois, como seriamos juntos, só eu e você. O que me deixa mais triste é saber, que a pessoa que eu amo, pode ser feliz sem mim. Parece que nada, nadinha de nada aconteceu pra você, as nossas trocas de mensagens, os nossos dias juntos, talvez eu até seja do seu passado. Mas você está presente cada dia em mim, mesmo que seja em meus sonhos, odeio esse sentimento platônico, que me faz a pessoa mais infeliz do mundo.

Sei o quanto é difícil me ver nessa de não esquecer você, todos dizem que merecia até algo melhor, mas não, eu sei o quanto é importante pra mim, pros meus sentimentos, o quanto só acrescenta em minha vida. As vezes confesso, que não era a felicidade que esperava, mas também nossas brigas diárias, momentos tristes, mas sempre passar por todos esses momentos, juntos e firmes, e que no final das contas pudéssemos rir de tudo isso.

Às vezes fico me perguntando, por que gostamos tanto de sofrer, por alguém que não está nem ai pra você.

Mas que saber?         
     
Não quero alguém que seja feliz sem mim. Quero alguém que fique do meu lado, quando eu precisar. Quero alguém que não me julgue, e sim que me compreenda. Quero alguém que quando estiver triste, me faça sorrir. Quero alguém possa dividir a pipoca no cinema comigo que possa compartilhar os momentos bons e ruins, que possa dividir sorrisos e tristezas momentâneas, que fique ao meu lado pra o que de e vier que afinal, seja feliz ao meu lado.

Mas...  

- O que você encontrou nela?

- O que falta em mim.
Comentários do Facebook
3 Comentários do Blogger