É tudo questão de tempo


Eu nunca abri um espaço para falar sobre isso, aqui. Ta, talvez em alguns momentos sim, confesso. Vou falar um pouco de minha vida nos últimos dias, ta? Ela anda como das outras vezes, cheia de tristezas momentâneas, de coisas para ser preenchidas. Confesso que eu ainda me considero um ser humano, que tem seus momentos tristes e tal, mais está demais.  Já ouviram falar de que tudo em excesso faz mal? Pois bem, se achar menor que tudo também faz mal, ser assim, faz mal. Aliás, tudo faz ne? Às vezes eu odeio ser assim, sofrer por antecipação,  ter os defeitos que eu tenho mais fazer o que ne? Quem me deram ter nascido com o corpinho que eu almejo todos os dias a ter? Talvez, que para esse ‘corpinho dos meus sonhos’, eu tenha que acordar cedo e ir para academia morrendo de sono, marcar o ponto lá. Ufa, ando muito desmotivo para tudo, ando desmotivado para meus sonhos, e quantos são viu? Talvez seja isso, essa falta de motivação, essa auto-estima lá em baixo, essas pressões psicológicas, esses auto julgamentos, a dor. Os sentimentos platônicos, as decisões. Eu confesso, muita coisa esta mudando muito na minha vida, e é de me dizer a vocês que ano que vem, vai mudar mais ainda, são tantas escolhas, são tantos medos, confesso. Mais quem disse que para viver a vida dos nossos sonhos, não temos que passar medos, indecisões? Medo de errar, medo de me decepcionar, literalmente isso vai passar ta? Quero me permitir mais, errar mais, ser mais feliz, quero meter a cara na vida e aproveitar como se fosse os últimos momentos dela, quero comer tudo que tenho vontade e não me privar por causa desse maldito corpo, quero me jogar em uma balada e ficar de porre no outro dia, sem ver as conseqüências. Quero namorar uma pessoa que não me julgue pelo meu jeito, nem pelo meu corpo, que me de a mão e vá ser feliz comigo, que não me julgue pelas minhas manias, as entenda. De uma vez por todas, quero que a felicidade vire rotina em minha vida, e tudo isso seja questão de tempo para passar.

‘’ Talvez eu precise escutar umas musicas alegres, e tomar um porrada de bebida para esquecer esses problemas, que nada. No outro dia, tudo volta, e a dor de cabeça só é mais um dos detalhes. ’’

Fiz o texto escultando Somebody That 

Comentários do Facebook
2 Comentários do Blogger