Um pouco de verdades, que tal?

                                   
                                                            (Leia o texto, escutando essa musica)

Parece que muita coisa mudou, ou está mudando, sei lá. Talvez isso só sejam momentos cobertos de clichê disfarçados, talvez tudo volte e fique no mesmo lugar de sempre, no final. Todos dos dias eu saiu de casa com um objetivo e quando é no meio do caminho mudo todos eles, entre uma maquina e outra na academia, penso em milhões de coisas, até parece que eu estou dormindo em pé, que nada! É pesando na vida. Na verdade eu estava sonhando mesmo, esses últimos dias foram uma prova que não era para desistir dos meus sonhos mesmo, sai em uma das Fã Page mais famosas do face book, a blogueira que eu mais gosto leu um texto que eu fiz para ela, e disse que tinha gostado. De manhã no mesmo dia, logo cedo no caminho de casa dentro da minha barriga existia milhões de borboletas, de tanta ansiedade, para que isso pudesse acontecer , e não é que aconteceu ? Parecia que era uma aviso de que coisas boas estavam para vim, ainda bem. Todos os dias eu penso em não desistir dos meus sonhos, mais chega uma hora que cansa, de que dá vontade de desistir sim, mais eu sempre gosto de pensar nas coisas boas que tudo pode me proporcionar, talvez seja essa preguiça. Acho que não ultimamente eu estou acreditando mais em mim, e no potencial, cada dia eu me vejo diferente, queria falar isso para o Lucas de dois anos atrás. Eu acho que aqueles fantasmas que eu tinha medo, não vou voltar mais, as desconfianças, os medos, a pratica do desapego que era a pior. Cada dia quero dormir menos e aproveitar mais, já me reclamei tanto da vida que eu tinha, e quando ela começa a mudar para melhor não é justo dar para ela as mesmas características, queria dormir em um horário cedo para conseguir dormir melhor, e quem disse que dá? Cada dia minha vontade aumenta de ficar aqui, talvez seja para esquecer tudo nessa vida tão caoticamente chata, talvez seja um motivo para esquecer alguém, em formas de textos. Esquecer de todos os meus medos, dos traumas, das pessoas que não me faz bem, talvez aqui sim eu veja qual é o motivo de toda a felicidade. Talvez isso seja uma maneira de mim se livrar de meus próprios julgamentos, que se for para falar tenho uma lista extensa, viu? Esses dias eu estou sentindo uma falta intensa de tudo que me completa, que me deixa feliz. Talvez seja um novo amor, talvez seja por causa do antigo relacionamento.  Mais que saber de uma coisa? Aquela sensação infinita quando você sente o mundo está com você, mais quando dá duas horas da manhã, você sente que esta você, seus fones e um monte de coisas em sua cabeça e milhares delas são suas duvidas, seus medos e seus sonhos, e tudo se resume a uma coisa: Solidão...
Comentários do Facebook
8 Comentários do Blogger