A gente nunca muda


Coloca a playlist e vê tudo o que a saudades faz.

Saudades de nós claro, sem mesmo ainda nem existiu nós.

Saudades dos pequenos prazeres, de tudo. De você.

Ah, quero ressaltar que tudo começou naquele nosso primeiro abraço que me sentir confortado, e nunca mais conseguir esquecer o cheiro do seu perfume, falando em perfume.  Vi uma passando com ele, e lembrei de você, do seu sorriso marcante e seu jeito doce igual a ele.

Deixa contar uma coisa a vocês, eu mesmo nunca deixo de acreditar no amor, mesmo que ele tem sido um professor por colocar todas as respostas: Quebre a cara. Obrigado amor platônico. Ah, quero falar outra coisa. Falando de amor, quero te apresentar o meu amor, talvez esse deixe de ser platônico e passe a ser recíproco, ainda bem! Sabe quando a gente gosta de uma pessoa e começa acontecer tão naturalmente às coisas, sabe né?

Troca de olhares constantes, risos de nervosismo, medo de não dá certo leia que você vai entender juro!

Talvez dessa vez não tente não errar como todos os outros (apesar de não saber o que eu errei, sério!).  Todos os minutos que fico perto de você, parece que são horas. Deus me livre!  Minhas mãos soam como cachoeiras ,  o exercício de borboletas em minha barriga,a boca seca, as palavras, QUE PALAVRAS? Somem. As trocas de olhares, Os risos disfarçados de vergonha.

AAAAAhhhhhhhhhh! Disse a minha amiga que me viu com as bochechas vermelhar de estar perto dela.

 Mais é tão bom poder gostar de você, acredita que eu amo até seus defeitos?  Coisa típica de quem está gostando de outra pessoa. Obrigado noite, o travesseiro tem sido uma ótima companhia de sonhos com você, sonhando com nós.

Comentários do Facebook
4 Comentários do Blogger