E isto amor


Sempre fui daquele tipo de pessoa que gostava de ficar em casa e ficar no computador, pois ele com o tempo foi se tornando meu melhor amigo, como eu mesmo disse na redação da escola. Pois bem, mais com o tempo vejo alguns amigos que casaram, outros namoram e sempre me vejo na mesma situação. Eu nunca tinha reclamado disso, até algum tempo. Aliás, eu tinha muito medo de quebrar a cara mais ainda, por uma coisa que sei lá, para mim não valia tanto a pena naquele momento, só que as coisas mudaram de figura, hoje nessa idade eu vejo casais e sinto falta, falta de alguém do meu lado. Mesmo com todos os meus defeitos, quero alguém para mim sentir seguro por perto. Quero uma pessoa que eu possa contar com tudo, principalmente para brigar com quem fica o ultimo pedaço da barra de chocolate branco, para discutir quem estava certo entre os dois lá do filme, para esquentar nos dias frios, para tirar foto e postar nas redes sociais. Quero uma pessoa que longe de tudo seja perfeita. Não gosto de pessoas perfeitas, quero uma pessoa que possamos andar na rua com as mãos dadas, ir para as festas dançar a noite toda e chegar em casa bêbados, se jogar na cama e quando acordar ver qual era que estava mais chapado, e depois rir de tudo. Quero uma pessoa que não julgue meus defeitos, que os compreenda. Que tente cada dia os melhora- los, e não queira os mudá-los. Quero um amor que não me julgue por minha aparência, ame ela como verdadeiramente é. Que não goste de mim por quem eu sou e nem pelo que eu tenha.  Que todas as viagens possa dividir o fone de ouvido, e trocar experiências. Que nos finais de semana fossemos andar de patins, assistir filme no cinema com uma balde de pipoca do grande, e poder dividir a coca no mesmo canudo. Enfim, quero um amor para viver a vida toda. 
Comentários do Facebook
3 Comentários do Blogger