Desapegando


Tive que desapegar, esquecer e até supera várias coisas. Nunca foi fácil esquecer as coisas tão rápidas, sempre demoro muito para esquecer um momento, ou alguma coisa que tenha acontecido ao longo da minha vida. Parece que eu tenho que acostumar com isso, quando eu estou amando uma novela ela acaba, eu fico imaginando por dias como seria a vida dos personagens dela, depois daquilo, felizes por não terem vilões? Tristes por ter se decepcionado, por alguém que elas acharam que era outra pessoa?  Nunca fui daquelas pessoas que termina um namoro e está com outra pessoa, ou feliz por ai no próximo dia. Sou do tipo que, quando acabo alguma coisa com alguém tenho um turbilhões de emoções, cessões de choros e noites acordadas, há sem contar também a quantidade de café que eu tomo, há sem contar várias coisas como ficar relendo as mensagens trocadas, as fotos tiradas. Mais com tanta coisa acontecendo eu aprendi a superar as coisas, encontrar um lugar especifica para se pensar depois, em outro momento, prefiro pensar em outras coisas, chega um momento que você é tão machucado que as coisas parecem ser superadas fácies, perdi vários amigos que jamais pensasse viver sem, nunca fui uma pessoa que sempre teve bons amigos que pudessem contar para tudo! Sempre eu procuro dá o meu melhor, mais quando chega naquela hora que você mais precisa eles não estão ali para te dá um conselho, há nessas horas ninguém sabe dá o conselho certo a você é sempre as mesmas palavras, é sempre as mesmas coisas do tipo, hum.  É verdade, aham. Para cansa sabe? Você viver sozinho, sem ninguém do seu lado. Prometi para mim mesmo que eu vou começar a desapegar das coisas, das pessoas com facilidade, e que se danem os sentimentos, as coisas bobas vividas.
Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger