Chances de felicidade sem você


Tenho todas. Desculpe, mesmo sem você, e quem é você mesmo? Hoje niguem. Ah, sobre chances de ser feliz sem você, sem suas manias bobas perto de mim, a resposta está na duas primeiras palavras, mais vou resumir, sim! Aliás, manias da quais que eu sempre gostei a maneira boba de o que o amor pode fazer qualquer coisa, e digo que é verdade mesmo, sempre fomos muito feliz mesmo que seja por pouco tempo, talvez aquilo sim tenha sido uma felicidade e intensa. Talvez sim, acho que para hoje talvez não. Não mais. Hoje eu estou aqui ainda falando de você, e você? Curtindo com outro mesmo que curtindo as minhas frases no face né? Te odeio por um motivo, se deixar levar por aparências. Hoje você viu que eu mudei bastante né? Cresci, estou mudando a cada dia e você continua do mesmo jeito, daquele mesmo  jeito. Bom, não posso fazer mais nada por nós. Hoje eu tenho certeza que nosso amor não era para dá certo, talvez ainda eu tenha que superar isso, talvez eu já tenha superado, vai saber. Costumo dizer que eu sou uma metamorfose ambulante, uma hora eu quero muito mais depois que eu não quero mais, eu não quero mesmo. Acho que foi o que aconteceu, dói sabe? Ser tão bobo, ter sido a segunda opção, mesmo que seja sem motivos, ou até seja por motivos bobos que seja até no nível de ser tão medíocres. Espero que, o seu novo namorado te faça fazer um facebook para o casal, que desconfie cada vez mais de você, de suas atitudes, há desejo também que você fique gorda e ninguém te queira. Há, posso te falar mais? Começaram a me elogiar, coisa que você nem fazia. Agora uma das garotas mais populares da escola me elogiou, curtiu minha foto do face, talvez ela esteja afim de mim, ela e linda. E você ai, com o seu pobre amorzinho medíocre, quero mais você longe de mim, dos meus sentimentos das coisas que me fazem feliz.

Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger