Eu quero emagrecer

                                                


Eu sempre amei muito a internet desde quando eu ganhei meu computador. Antes mesmo de entrar no ensino médio, sempre foi minha válvula de escape fotos e internet, eu amava tirar fotos, jogar mini fazenda. Lá era todo mundo muito legal, parecia que eu era igual a todo mundo, recebia elogios por várias fotos que eu tirava, eu sempre gostei muito. Lá eu me sentia como todos, meu sonho sempre foi ser fake, lá na época do Orkut e é dele que eu estou falando, até que um dia eu mandei minha foto para uma comunidade de perfis fakes e a dona disse, ‘’Oi, você nunca vai ser fake garoto, você é gordo, e não é esse os padrões que procuramos’’. Nossa, gente, eu fiquei muito triste naquele dia, mais não me abalei com aquilo, prossegui com minhas fotos, e recebi vários elogios de várias pessoas que eu conhecia isso cada vez foi me deixando mais feliz, até eu entrar no ensino médio, fui tirando cada vez menos por complexo meu, eu sempre me vi no espelho e nunca achei que eu era daquele jeito que eles me viam, isso me deixou por muito tempo sem me fotografar por medo de ver o que tinha registrado no caso minha própria imagem, maldito complexo.

Por ser gordinho sempre passei por coisas que jamais imaginava passar, como: vergonha, bullying entre outras coisas. Não que isso seja defeito ser gordinho, é que na verdade não é. Mais eu não me sinto bem assim, visualmente. Quero ser uma pessoa como as outras, usar roupas normais, entrar nas lojas e poder comprar sem ter certas restrições de tamanhos, modelos ou até sair delas sem nem uma compra como na maioria das vezes.


Isso me dói muito, chegar a uma loja e não ter o tamanho de uma roupa para eu vestir, saio da loja e vou chorar, sim porque não é tão simples assim. Durante todos esses anos, eu sempre quis emagrecer mais nunca tive tanta força de vontade,confesso. Sempre deixava para ‘’próxima segunda’’, para o próximo mês, ou amanhã, não era nada fácil deixar de comer o que gostava, por isso sempre tive que pagar um preço, ALTO.

Hoje eu não me vejo tão feliz por esse motivo, talvez. Não que isso seja motivo para ficar triste, conheço pessoas que se aceitam, e são lindas daquela forma que elas vivem, que na verdade não é o meu caso. Quando tudo começou? Começou a ficar pior no ensino médio em uma escola técnica aqui da minha cidade em que estudava, eu sempre era vitima de bulliyng como eu passava o dia inteiro na escola, às vezes por medo de ser apelidado, ou ser motivo de riso, preferia ficar na sala, sozinho eu ficava muito triste porque, eu não poderia almoçar com os meus amigos, mais sempre levava um lanche por precaução e sempre era salgadinhos, refrigerantes e biscoitos, no caso piorava minha baixa estima, e piorava ainda tanto minha saúde quanto meu psicológico. Eu queria sempre ser normal, queria usar um uniforme da escola igual aos demais, mais não dava, sempre usei uniformes diferentes isso me machucava bastante, porque eu me via diferente, um diferente para ruim, as pessoas olhavam às vezes riam, eu sempre me preocupei muito com oque as pessoas falavam de mim, talvez esse sempre foi meu defeito que deixei no passado, às vezes eu não saia da sala para ninguém me ver, porque sempre tinha os engraçadinhos, quem sofreu ou sofre bulliyng deve saber do que estou falando.
                             
   
Depois de tudo que eu passava na escola, ia para casa e descontada no brigadeiro, ou nas massas, passava o meu dia todinho forte na escola, mas lá no final eu me sentia um lixo, chorava por dentro eu odeio pensar naqueles malditos dias, que nunca mais irão voltar, ainda bem. Hoje eu terminei o ensino médio, com 16 anos e quero mudar, por causa da minha saúde, por causa do meu corpo que eu não gosto, hoje eu tenho a liberdade de ser quem sempre eu quis ser, sabe? Sem ligar para comentários, do que pensam de mim, do que vão achar disso ou daquilo, hoje eu sou um pessoa livre, com liberdade para fazer o que bem quero da minha vida, e isso me formou uma pessoa melhor, que sabe se defender, uma pessoa mais forte.

                           
– Primeiro de tudo, quero pedir desculpa por essa bíblia de tão grande, quero dizer que foi muito difícil escrever esse texto, mais eu precisava compartilhar isso aqui. E tenho uma novidade para vocês, eu vou postar aqui sobre tudo que acontece comigo nesse tempo, como foram meus primeiros dias de academia, que eu irei me escrever e passar na nutricionista o quanto antes, e ai vai entrar nessa comigo?


Comentários do Facebook
4 Comentários do Blogger