Os meses se passaram é como eu tivesse esquecido tudo, do blog, da vida, de todas as coisas que relativamente me deixam feliz. Inclusive a própria vida muitas das vezes tem disso mesmo. Às vezes é passageiro, porém isso pode se transformar em problemas que não são saudáveis. Faz tempo que tenho escrever, às vezes eu ficava me perguntando se de fato era isso mesmo que eu queria.

Só que dessa vez eu vim aqui, sem comprometimentos, Sem promessas, sem desculpas. Tenho o meu tempo como todas as pessoas desse mundo. Me vi muito confuso sobre a vida, do que eu realmente queria, e quando se escreve não é saudável ficar guardando tudo dentro de si, talvez esse seja o preço de se escrever, de que sempre tiver um sentimento deixar fluir nas palavras.

Não mudou muitas coisas do ultimo post para hoje, eu não mudei relativamente nada, só conquistei, me decepcionei várias vezes, tive medos, alegrias (muitas), meus dias nublados de bad, assisti filmes, ouvi minhas musicas preferidas, dei desculpas, fui à academia, conversei com amigas, pensei em desisti por várias vezes, reencontrei pessoas, conheci outras. E por fim, muito obrigado por está aqui, e desculpas. 


Hoje cedo acordei com os pássaros perto na minha janela, cantando, um tipo de despertador, quando levantei, senti que ali poderia a ver novos recomeço, poderia mudar as coisas, poderia ser diferente. Acabei ignorando aquele sentimento que entre nós, nunca tinha vindo tão forte uma vontade mostrar ao mundo que realmente você é, sabe? Juro que queria ficar sentado ali por mais cinco minutos e acabar refletindo sobre milhões de coisas.

Uma hora dá saudades, outra arrependimento, e quando esse tipo de sentimento se mistura não desejo nem pra o meu pior inimigo. Pronto, o tempo, os minutos se passam e está eu ali, indo tentar conquistar uma rotina nova, um dia novo, que no final do dia me atormenta ter que escrever em meu caderno que nada passou de um simples sentimento passageiro.


 Às vezes uma musica faz lembrar coisas lá de dois mil e doze que fazia tempo a pensar e me faz querer entender muitas coisas, infelizmente o tempo, o amor próprio, a vida no geral muitas vezes não colabora com os sonhos sabe? Desculpa caderno de anotação do dia a dia, só que ultimamente no espaço de colocar coisas que foram feitas para ser boas nos últimos dias, tenho colocado só de fato mil reclamações, tenho feito mil planos que nem eu mesmo posso fazer, às vezes exigir demais não é uma boa solução. Às vezes dói, ter que se afastar das pessoas, mas é necessário. Às vezes dói dá ‘’tchau’’ na rodoviária, mas é necessário para melhores mudanças. Às vezes é difícil acreditar que a pessoa que você gosta por durante anos, pode simplesmente virar a pior figura que você nunca imaginou, pelo simples fato de ser babaca demais, então às vezes as mudanças é necessário, porém se cobrar demais é ruim, maltrata, machuca, dói...


MUDANDO DE ASSUNTO...

Já percebeu que quando sonhamos muito com uma coisa, ela acaba acontecendo? Pois bem, parece que pequenos desejos por mais que demorem a ser acontecido, dá uma pontadinha no coração por não ter abraçado aquela pessoa que você queria muito desde dois mil e dez, às vezes esses tipos de vontades são passageiras, são por tempos sabe? Acho que depende muito do tempo que você está vivendo, hoje eu escrevendo esse texto mesmo, senti uma saudade enorme de uma pessoa que admiro muito, que queria ter do meu lado todos os dias e que muito dos meus sonhos foram realizados, menos esse sabe? Às vezes a gente quer tanto as coisas, não falo SÓ DE VALORES $$$$$$$. Mesmo sem ser caras mesmo, só que nunca acontece sabe? Às vezes a gente ver realizando tantos sonhos, porém pra se sentir completo, precisasse de alguma coisa, vamos mudar esse sentimento, quero vim aqui nos próximos meses fazer um post bem grande contando tudo que pode acontecer na minha vida, acredito que muitas coisas boas possam vim, assim seja.