Eu não deixei de postar no blog, é que minha vida está com muitas mudanças. Eu sei que essa é a desculpas de sempre, porém agora vão acontecer muitas coisas boas, assim espero. Com persistência e organização chegamos onde queremos, então faça sua parte como leitor, você te explicar bem como funciona, hoje fiz um formulário com perguntas simples, e nele quero que você responde o verdadeiro, quero saber sua opinião de leitor, é simples e rápido eu juro, e vai poder trazer muito beneficio para você, JURO. Então, estão aqui todas as perguntas, o blog vai mudar, o canal vai crescer e estou muito animado com todas essas mudanças.



Muito obrigado por responder <3

Chega uma hora do dia que você simplesmente quer se desligar de tudo, do celular, da televisão que hoje em dia só passa tragédias, das pessoas que estão ao seu redor, de tudo que te deixe vidrado olhando por um momento coisas superficiais e fúteis, falo isso por não se dá um minuto a si próprio, aos seus pensamentos, vulgo os autos julgamentos.

Todos os dias antes de dormir quando a minha ansiedade está gritante tenho que desenhar, e escrever no meu caderno que fica na segunda gaveta do meu criado mudo que ninguém sabe que existe esse caderno lá, eu desenho, anoto como foi meu dia a dia, que nos últimos dias estão sendo muito iguais de fato, não muda muita coisa. Todos os dias eu vejo o quanto eu poderia ser mais produtivo, e simplesmente esse tipo de cobrança é o que me faz mal, é o que faz mal as pessoas.

O que eu ando vendo muito hoje em dia são as coisas que não estão saindo do lugar, os sonhos que estão cada vez mais distantes e missão de conquistar o impossível está cada vez mais longe de ser vencida. Hoje em dia, eu to cansado de discutir com uma pessoa por causa de X problema, eu prefiro concordar para não argumentar. Eu estou cansado do meu comodismo, mais sempre que comento isso com uma amiga da internet, ela disse que isso não depende de mim só, depende das pessoas, do mundo, do favor, de Deus, do destino... Falando em destino, nunca pensei que ele pudesse ser tão doloroso, ou demorado, não sei. Chego a uma conclusão, vamos remar no nosso barquinho de papel, se caso um dia ele afundar, a gente muda, caso não a gente continua com os sonhos. Meu coração nesse momento está pequeno cheio de perguntas sem respostas, estou me sentindo mal por não esta dando o melhor de mim, porém não é só eu. Acreditem isso vai mudar, talvez possa demorar meses ou anos, mais muda, por que tudo passa, e talvez eu mude de opinião como todas as outras vezes. Por que o tempo pode responder qualquer sentimento. Dê tempo ao tempo. Não de conforto ao sofrimento, de conforto a felicidade, sei lá, ajuda. Não vamos deixar de sonhar por fraqueza, por que lá na frente bate o arrependimento. Vamos ser felizes, por mais que as coisas não estejam fáceis, vamos viver e deixar o roteiro da nossa vida, seguir da maneira que tem que ser, não crie expectativas.