Mudei a musica da playlist e me deu uma vontade de escrever agora de madrugada, como antes, naqueles velhos e bons tempos. Não vou mentir amo escrever aqui no blog, poderia passar dias e dias aqui escrevendo o quando eu não gosto dos meus defeitos, o quanto eu me julgo por não ter nascido com o corpo dos meus sonhos, porém sei lá, eu ando com preguiça até disso.

Esses dias acabei descobrindo coisas que me deixaram mais para baixo, cada dia me sinto assim, de uma forma que nem eu sei de fato explicar, ultimamente de fato estou trabalhando muito para que o meu canal cresça, porém sabe aquele sentimento que você não está bem? Pois bem, eu estou me sentindo assim, eu amo fazer o que faço sem dúvidas, não me imagino fazendo outras coisas, não estou reclamando do que faço e por que faço. Só estou falando que ultimamente tem uma coisa me descompletando entende? E vamos combinar que eu vejo falando isso para mim mesmo há dias, meses ou até anos.

Sou um ser humano que coleciona complexos, stress e muita culpa por não ter dado mais um pouco de mim, o meu melhor sabe? Eu acho que sempre tem algo a completar, às vezes eu acho que isso é um grande erro, me cobrar demais. No fim das contas eu não tenho culpa se tudo não sai perfeito, porém estou lutando contra isso dia-a-dia.  Esses dias mais precisamente ontem descobri que adquiri uma nova síndrome, não vou falar aqui por enquanto, depois faço um post sobre isso, porém explica toda essa falta de auto-estima e segurança que eu tenho que eu acho que nos últimos tempos andam bem pior também.

O que me ajuda é ainda a internet, sei lá quando eu sento aqui nessa cadeira e começo a ver as coisas minha cabeça viaja, meus ouvidos começam a criar trilhas sonoras que eu mais amo, ultimamente ta sendo um desafio de sair de casa, eu não estou mais gostando de nada do que gostava antes, minha vida anda um caos. Quando eu falo em caos não é aquele do dia a dia de carros feito os de são Paulo, mais sim aquele sentimento que vem de dentro pra fora sabe?

Eu estou sentindo que cada dia eu preciso de uma pessoa para me ajudar, ainda bem que tenho uma amiga na internet que eu amo, confio e conto todos os meus segredos, ainda bem que Deus me deu essas pessoas incríveis para ficar do meu lado, nesses dias eu estava editando um vídeo para o youtube, quero saber o que você achou clique aqui. Se inscreva no meu canal e não deixede deixar seu like.



Ufa! Enfim um tempo para digitar um pouco sobre meus sentimentos, do que está me incomodando, do que falta, do que não me completa. Quando se escreve fica difícil passar muito tempo fazendo outras coisas principalmente quando sua mente só quer um pouco de espaço, e esse espaço só precisa ser preenchido com um pouco de concentração uma boa musica, e um turbilhão de sentimentos para ser digitalizados.

São vários pensamentos que se misturam e no fim das contas, eu não sei o que faço, é correr contra o tempo, uma corrida obsessiva para ter um objetivo satisfeito no fim do mês com a balança, é auto estima que precisa está sempre legal, são tantas coisas. Desculpem as mesmices é que minha vida ultimamente não tem mudado muitas coisas, elas só inverteram algumas, é uma prova do curso que eu preciso estudar, é acordar uma hora mais cedo para ir para academia, é gravar vídeos, é ter uma edição considerada perfeita, é receber elogios, é não se importar com as criticas, é sempre tentar agradar, é sempre viver em função de todos menos de mim. Eu não estou reclamando, eu estou falando que muitas das vezes dá vontade de desistir e viver tudo diferente, porém eu amo fazer o que eu faço e não me imaginaria fazendo outra coisa, por tanto as coisas vão mudar, eu tenho fé em Deus.

Às vezes eu tenho um medo absurdo que nada mude. Será que daqui um mês, um ano, e eu ver esse texto, será que vai ter mudado alguma coisa? Eu tenho medo que essa minha forma de pensar, me faça parar no tempo e não evoluir.

Quando a gente escreve com o coração fica difícil se concentrar, confiar, ou mesmo raciocinar, é preciso de um espaço na mente para ser liberado todo esse sentimentalismo, é questão de viver preso as palavras, ou escrever sobre o sentimento. Eu estava com saudades disso. Peço paciência, compreensão, não está sendo fácil para eu ter que viver dessa forma. Talvez vocês nem entendam o significado desse texto, porém para mim e para o meu coração sabe o quanto ele faz sentido e o quando ele vai me fazer bem, eu creio que sim. Isso me faz bem, liberta, eu acho que é isso. Não esperem perfeição, esperem erros que possam ser acertados, não esperem felicidade, esperem também tristeza por que ela faz parte. Esperem um novo dia que possa ser recomeçado e que tudo possa mudar, assim creio. Eu voltei.